Capitólio: Descubra as cachoeiras de Minas Gerais

capitólio, mg

Conheça o Mar de Minas e suas belezas naturais.

A 500 km do Rio, um oásis se apresenta como ótimo destino de férias, principalmente no calor escaldante do verão. Localizado entre a Serra da Canastra e o Lago de Furnas, o município de Capitólio, no Sul de Minas, é um destino essencial no Brasil. Conhecido por muitos como o Mar de Minas, o Lago de Furnas é o principal atrativo da região, reunindo diversos parques, cachoeiras, cânions com até 20 metros de altura e embarcações para passeios.

Seguindo de carro pela MG-050, passamos por algumas das principais atrações da região a Lagoa Azul, o Complexo Turístico de Paraíso Perdido e a ponte da represa de Furnas

Paraíso Perdido é um dos espaços localizados no vale de São João Batista do Glória cortado pelo ribeirão Quebra Anzol, com 18 piscinas naturais e 8 quedas de águas cristalinas. Essas correm sobre pedras de quartzito, em uma região de cerrado e com as mesmas características da Serra da Canastra. Para chegar é preciso sair da estrada e pegar uma estrada de terra bastante estreita. O Google Maps foi mostrando o caminho. O parque conta com estrutura de camping, banheiros, estacionamento e restaurante. Além da equipe de guardas que fazem o monitoramento da nascente das cachoeiras, para em caso de chuva evacuar a área por conta do risco de tromba d’água. Essa foi a atração mais organizada que fomos e para entrar pagamos uma taxa de R$35 por pessoa.

Paraíso Perdido, Minas Gerais
Paraíso Perdido, Minas Gerais

Seguindo pela mesma rodovia, passamos por uma área de observação dos cânions e em seguida a entrada para a Lagoa Azul. A cachoeira é uma das mais famosas da região e muito bem sinalizada, com diversas placas no trajeto. A área fica a 40 km do Centro de Capitólio e atrai muitos turista pela facilidade de acesso e serviços. Logo na entrada há um restaurante e no fim das quedas um bar flutuante. Isso mesmo. Depois do mergulho na cachu, vale tomar um cervejinha com peixe frito. O DJ com certeza é o mais animado de Minas. A taxa para a visitação é de R$30, no entanto muitos passeios de lancha incluem esse destino. Então, caso você chegue pelo mar a taxa é reduzida, R$10 para acessar as quedas d’água. Ah só mais um detalhe para você não chegar iludido, a lagoa é verde, não azul.

Cachoeira Lagoa Azul
Cachoeira Lagoa Azul

Como as melhores coisas na vida acontecem por acaso, em um dos bate-volta que fizemos do rancho, onde estávamos hospedados, até as cachoeiras de capitólio, saímos da estrada e acabamos pegando um caminho muito mais distante. Já estava xingando o GPS, quando chegamos perto de uma ponte e uma cancela. Estávamos simplesmente passando por cima da Usina Hidrelétrica de Furnas. Um visual incrível que tem passagem livre para os carros. Recomendo se tiverem tempo aumentarem o percurso dando uma passadinha por lá.

Há muitos guias que levam os visitantes de barco para ver a região, mas eu e meus amigos não achamos que valeria a pena, pois custa R$70 por pessoa para apenas duas horas de passeio. As lanchas saem da Lagoa Azul ou do Rio do Turvo (MG-050, Km 306) e passam pelos cânions Diquada e Diquadinha, pela Gruta do Tucano e pelo Parque Ecológico Cascata.

Próximo de Capitólio, está o município de Carmo do Rio Claro. Lá, foi onde eu e meus amigos alugamos um rancho, para passar a virada do ano. Os preços são justos e o visual compensou as oito horas de estrada que encaramos saindo do Rio de Janeiro. As propriedades são coladas no Lago de Furnas e com tudo isso, o mar, definitivamente, foi o que menos sentimos falta. Recomendo e muito!

Mapa da área da Lagoa de Furnas
Confira o mapa da área do Lago de Furnas

 

2 Comment

  1. Qual o nome do Rancho que ficaram e ctto!!!!!

    1. Natalia Figueiredo says: Responder

      Oi, Gisele! O nome do rancho é Morada Canto do Rio e o telefone: (35) 99919-0680

Deixe uma resposta