On The Autobahn: 7 dicas para pegar a estrada na Alemanha

Autobahn - Dirigir na Alemanha | nat no mundo

Quando a estrada pode ser uma terapia; Veja dicas para dirigir bem e com segurança no país germânico

Todo louco por carros e estradas já ouviu falar da qualidade das estradas alemãs. São as chamadas Autobahns, auto-estradas federais que cortam o país, sem cobrança de pedágio e com trechos sem limite de velocidade. A carteira de motorista brasileira é tranquilamente aceita na Alemanha, então se estiver planejando viajar para mais de uma cidade do país, indico investir no aluguel de um carro. É possível conseguir preços melhores reservando o automóvel com antecedência nos sites das empresas ou por aplicativos. Com planejamento dá para fazer um pouco de tudo. Dê uma olhada nessas dicas e boa viagem!

  1. Pesquise antes o significado das placas de trânsito

    Na correria antes de sair do trabalho e tirar férias, poucas pessoas conseguem realmente fazer uma pesquisa completa sobre o lugar de destino e suas regras. Na Alemanha, apesar de muitos serviços serem automatizados, sem catraca ou fiscais em todo canto, é importante conhecer as regras locais e evitar constrangimentos com os alemães e, é claro, multas que podem ser pesadas.

    Lá, em muitas estradas não há limite permanente de velocidade, depende do estado de conservação da pista, das condições climáticas e aproximação com perímetro urbano, então é importante ficar atento aos painéis eletrônicos. Ao todo há 65 trechos sem limite de velocidade espalhados por toda a Alemanha – ou melhor, com limite apenas recomendado de 130km/h – e você saberá que está em um deles ao ver a placa abaixo:

    placas sem limite de velocidade - autobahn

    Em média os carros andam a 140, 160 até 200km/h e a faixa da esquerda é exclusiva para ultrapassagem. Se por acaso, você vir uma placa parecida com essa – preto e branca – mas com um número riscado no fundo, também significa que a partir daquele perímetro acabou esse limite de velocidade.

  2. Palavras básicas para aprender: Ausfahrt, Einfahrt, Parkplatz e Hauptbahnhof

    No trânsito de diferentes países muitos sinais são similares, mas alguns podem ser completamente diferentes. Por exemplo, a faixa amarela que aqui representa mão-dupla, lá em alguns momentos não havia. Mesmo não sendo mão-única a faixa ainda era branca, o que acabava gerando dúvida.

    Na autobahn você verá o tempo inteiro placas azuis escrito ausfahrt, significa que haverá uma saída – assim como ausgang também significa saída mas só que de pedestres. Einfart – uma entrada para carros e Eingang – entrada para pedestres.

    Hauptbahnhof significa estação central e é um ponto de referência bem importante para chegar e sair das cidades assim como estratégico para alugar e devolver seu carro. Parkplatz, você verá em todo lugar, principalmente em cidades menores, significa estacionamento e ainda na rua um painél eletrônico avisa quantas vagas há antes de você entrar no prédio ou subsolo. placas de trânsito entre países na Europa

  3. Contrate um serviço de seguro

    Alguns cartões de crédito já possuem esse benefício, cheque com a sua bandeira se eles dispõe e habilite antes de viajar. Confira detalhadamente tudo que pode ser coberto e se ficar inseguro contrate o seguro da locadora também. Eles em média não são caros, mas em caso de acidente se você não estiver coberto o valor em danos pode chegar a 900 fucking euros.

  4. Estacione fora do Centro ou encontre um parkplatz

    Caso o seu hotel não tenha estacionamento e esteja em uma região central é uma decisão sábia pagar um local para deixar o carro. Muitas ruas tem o símbolo de proibido estacionar (com duas faixas vermelhas em uma placa azul) e mesmo com vários carros parados ali não vale a pena arriscar. Se estiver na estrada e resolver entrar em alguma cidade, pare um pouco mais afastado das ruas principais e vá andando ou encontre um estacionamento coberto, os preços não passam muito de 3 euros o período.

    estradas-da-alemanha-e-austria-nat-no-mundo

  5. Tenha um GPS

    Sobre o GPS, eu sei que a maioria dos celulares tem 1 milhão de aplicativos com trajetos, mas se você ficar sem sinal, sem internet ou sem bateria, poucas placas em alemão poderão ajudar. Então isso foi uma coisa que lamentei não ter. Na Alemanha não é tão simples conseguir um chip para turistas com plano de internet, então perrengues podem acontecer.

  6. Utilize rodovias menores para conhecer as cidades do caminho

    Entre Munique e Frankfurt, tínhamos um roteiro pré-definido para cruzar a Floresta Negra a partir de Freudenstadt até Bade-Baden pela rodovia 500. Uma serra linda e super charmosa. O caminho acaba sendo um pouco mais longo, mas o visual vale muito mais a pena.

    Floresta Negra, Rodovia 500, entre Freudenstadt e Bade-Baden | nat no mundo

  7. Monte uma playlist incrível!

    Viajar na estrada sem música é o mesmo que ver filme sem pipoca. Falta alguma coisa. Então salva essa playlist aqui embaixo e pé na estrada!


E você, como foi sua experiência alugando carro no exterior? Compartilhe!

LEIA TAMBÉM: Road Trips pelo Brasil: Rio – Floripa

Deixe uma resposta